Time is running out

Perpetuando a ilusão

A 30 de Novembro de 2016, um comunicado do Governo anuncia o reforço da sua posição na ESA para estimular novas atividades científicas, tecnológicas e empresariais na área do espaço e o seu posicionamento estratégico no Atlântico. É nesse documento que primeiramente se aborda a ideia de construção de um porto espacial nos Açores, da seguinte forma:

Reforço do Programa de Lançadores de satélites (Space Rider, VEGA E e FLPP) para explorar o potencial dos Açores para albergar um porto espacial e permitir a entrada de instituições e de empresas de Portugal no desenvolvimento de pequenos lançadores, designadamente no âmbito do futuro Centro de Investigação Internacional do Atlântico (AIR Center, “Atlantic International Research Center”);

Desde então, muito folclore e fogo de artifício, ou se quisermos, muito foguetório. O auge deste processo foi o eufórico anúncio há cerca de um ano, em pleno Web Summit, de 14 consórcios interessados na base de lançamento de microssatélites em Santa Maria. As notícias têm-se sucedido a um ritmo cada vez mais esparso, mas mesmo assim alimentando uma impertinente sofomania disseminada pelo Facebook. Ignoremos esses irrelevantes comportamentos narcisistas e façamos ao invés um oportuno balanço face aos recentes “desenvolvimentos”.

Continue a ler “Perpetuando a ilusão”
China Sea Launch

Plataformas móveis de lançamento

No passado dia 5 de Junho, a China estabeleceu um marco importante no seu programa espacial ao conseguir, pela primeira vez, lançar um foguetão de cerca de 21 metros e 58 toneladas (Long March 11) a partir de uma plataforma móvel em pleno Mar Amarelo, a mais de 100 km da costa, colocando sete satélites em órbita a 565km da Terra. Este feito foi noticiado brevemente pelo Observador, sendo este artigo baseado na extensa informação providenciada pelo SpaceFlightNow disponível neste link.

Continue a ler “Plataformas móveis de lançamento”
Vasco Cordeiro

Amarrar a burra

Nos passados dias 29 e 30 de Abril decorreu mais uma visita estatutária do Governo Regional. Aguardava-se com alguma expectativa esta visita, no sentido de averiguar as eventuais contrapartidas para a ilha de Santa Maria com o tão publicitado projeto do porto espacial de Malbusca. Nesse sentido, o Conselho de Ilha reuniu-se e preparou um memorando com diversas reivindicações (algumas já bem antigas, como a recuperação do Forte de São João Baptista), com particular ênfase na Saúde e Educação – áreas em que Santa Maria apresenta sérias carências.

Continue a ler “Amarrar a burra”
ALRAA

Lei do Espaço – o debate

Foi aprovada na passada quinta-feira, na ALRAA, a proposta de decreto legislativo para regulamentar o Licenciamento das Atividades Espaciais, de Qualificação Prévia e de Registo e Transferência de Objetos Espaciais na Região Autónoma dos Açores (Lei do Espaço), apresentada pelo Executivo e aprovada com os votos do PS, PPM, CDS-PP e PSD, com muitas reservas da bancada do Bloco de Esquerda que se absteve, assim como o PCP.

Acima lemos a versão light duma história com mais requintes que o que aparenta e que merece ser aqui apresentada, com os vídeos das intervenções no plenário sobre o processo – desde a “pressa” em votar e publicar, até aos pareceres pedidos a diversas entidades queixosas da falta de tempo para análise, mas ainda assim tendo muitas discrepâncias a assinalar sobre a Lei proposta.

Continue a ler “Lei do Espaço – o debate”
Sessão esclarecimento em Santa Maria sobre o porto espacial

Só sei que nada sei

É com este paradoxo socrático que se resume a mensagem veiculada por Gui Menezes, solitário representante do Governo Regional na passada quinta-feira, em Vila do Porto, na sessão de esclarecimento de nome, sessão de entretenimento na prática, sobre o porto espacial de Santa Maria. Foi por isso um encore à actuação de Setembro, com pouco material novo, mas com uma nova roupagem no hit single “Salvaguardadas as exigências necessárias a nível ambiental e de segurança” – diz que vai ser o sucesso deste Verão!

Continue a ler “Só sei que nada sei”