A cimeira do nem-nem (2/2)

O prato principal do New Space Atlantic Summit seria servido no dia 22, sábado, com a sessão sobre mercados emergentes no Espaço e o caso particular do Azores ISLP, ou seja, o concurso para lançamentos a partir de Malbusca, logo às 09h30. O dia começou com umas nesgas de sol e menos vento, para gáudio dos presentes que se deliciaram ao contemplar a vista a partir da Biblioteca Municipal de Vila do Porto.

Continue a ler “A cimeira do nem-nem (2/2)”
PEV em Malbusca

A súbita necessidade de esclarecer

Gui Menezes anunciou ontem, dia 1 de Abril, à margem de uma audição perante a Comissão de Economia sobre o regime jurídico de licenciamento de atividades espaciais, atualmente em fase de parecer, a sua participação numa sessão de esclarecimento a decorrer dia 4 de Abril, quinta-feira, pelas 20h30, no Núcleo de Vila do Porto do Museu de Santa Maria.

Continue a ler “A súbita necessidade de esclarecer”
2019-01-20 Diario dos Açores

A dissipação do “Centro do Ar”

Foi este sábado, pelas 12h00, que pudemos ouvir na Antena 1 Açores o programa de debate bem conhecido dos açorianos Frente-a-Frente, desta vez dedicado ao AIR Center, ou, devemos dizer antes, AIR CentRE.

Simultaneamente, temos na imprensa regional o artigo de opinião de Nuno Melo Alves, também presente no painel do programa acima, sobre o mesmo assunto, no rescaldo do anúncio de Manuel Heitor, do início de atividade do Air Centre “nos próximos meses”. De facto, é surpreendente (e embaraçoso) o resultado desta heitorice. Vejamos o que se retira da edição online do Diário dos Açores do dia 17 de Janeiro: Continue a ler “A dissipação do “Centro do Ar””

A insustentável irrelevância da Portugal Space e AIRCenter

É este visual provérbio popular que me ocorre ao recordar o recente anúncio da criação da agência espacial portuguesa, ou como originalmente lhe chamaram, a Portugal Space. Notícia do Público a 21 de Dezembro.

A Agência Espacial Portuguesa vai ser legalmente criada no início do próximo ano e terá sede nos Açores, na ilha de Santa Maria, onde se pretende instalar uma base para lançar pequenos satélites.

PÁRA TUDO! A sede vai ser em Santa Maria? Aí estão afinal as contrapartidas para a ilha que terá que levar com o porto espacial. De facto, como soundbyte tem muito mérito, contudo é inevitável a desilusão quando se troca por miúdos. Continue a ler “A insustentável irrelevância da Portugal Space e AIRCenter”

Satélites e exploração do mar profundo

O STARLab possui metas a nível científico que passam pelo estudo de fenómenos naturais e os seus potenciais impactos sistémicos e ambientais, e para tal prevê o desenvolvimento de soluções tecnológicas baseadas, nomeadamente, em microssatélites e na sua integração com plataformas robóticas de exploração do mar profundo.

Esta é a frase marcante do artigo do Jornal Económico de ontem relativamente aos vários negócios da China que foram ontem celebrados. Os 17 acordos assinados podem ser consultados no comunicado do Governo da República Portuguesa ontem emitido. Continue a ler “Satélites e exploração do mar profundo”