Satélites e exploração do mar profundo

O STARLab possui metas a nível científico que passam pelo estudo de fenómenos naturais e os seus potenciais impactos sistémicos e ambientais, e para tal prevê o desenvolvimento de soluções tecnológicas baseadas, nomeadamente, em microssatélites e na sua integração com plataformas robóticas de exploração do mar profundo.

Esta é a frase marcante do artigo do Jornal Económico de ontem relativamente aos vários negócios da China que foram ontem celebrados. Os 17 acordos assinados podem ser consultados no comunicado do Governo da República Portuguesa ontem emitido. Continue a ler “Satélites e exploração do mar profundo”