Time is running out

Perpetuando a ilusão

A 30 de Novembro de 2016, um comunicado do Governo anuncia o reforço da sua posição na ESA para estimular novas atividades científicas, tecnológicas e empresariais na área do espaço e o seu posicionamento estratégico no Atlântico. É nesse documento que primeiramente se aborda a ideia de construção de um porto espacial nos Açores, da seguinte forma:

Reforço do Programa de Lançadores de satélites (Space Rider, VEGA E e FLPP) para explorar o potencial dos Açores para albergar um porto espacial e permitir a entrada de instituições e de empresas de Portugal no desenvolvimento de pequenos lançadores, designadamente no âmbito do futuro Centro de Investigação Internacional do Atlântico (AIR Center, “Atlantic International Research Center”);

Desde então, muito folclore e fogo de artifício, ou se quisermos, muito foguetório. O auge deste processo foi o eufórico anúncio há cerca de um ano, em pleno Web Summit, de 14 consórcios interessados na base de lançamento de microssatélites em Santa Maria. As notícias têm-se sucedido a um ritmo cada vez mais esparso, mas mesmo assim alimentando uma impertinente sofomania disseminada pelo Facebook. Ignoremos esses irrelevantes comportamentos narcisistas e façamos ao invés um oportuno balanço face aos recentes “desenvolvimentos”.

Continue a ler “Perpetuando a ilusão”
China Sea Launch

Plataformas móveis de lançamento

No passado dia 5 de Junho, a China estabeleceu um marco importante no seu programa espacial ao conseguir, pela primeira vez, lançar um foguetão de cerca de 21 metros e 58 toneladas (Long March 11) a partir de uma plataforma móvel em pleno Mar Amarelo, a mais de 100 km da costa, colocando sete satélites em órbita a 565km da Terra. Este feito foi noticiado brevemente pelo Observador, sendo este artigo baseado na extensa informação providenciada pelo SpaceFlightNow disponível neste link.

Continue a ler “Plataformas móveis de lançamento”
Stratolaunch voou pela primeira vez

Lançamentos horizontais vs lançamentos verticais

No passado dia 13 de Abril, a Internet foi invadida por um vídeo de aparente ficção científica ao mostrar o baptismo de voo de um avião “estranho”: o Toc da Stratolaunch Systemas, o maior avião do mundo ao nível do comprimento de asa.

Continue a ler “Lançamentos horizontais vs lançamentos verticais”
AO Manuel Heitor 20190301

Brincadeiras de Carnaval

No âmbito da Conferência do Açoriano Oriental e da Rádio Açores/TSF, Manuel Heitor foi o orador convidado para discutir as Oportunidades e desafios para o Atlântico, nomeadamente a experiência do Air Center, do programa AISLP e da Estratégia Portugal Espaço 2030. Calhou em sexta-feira de Carnaval, e de facto melhor encaixe seria impossível, uma vez que intervenção do Manuel Heitor foi encarada, justamente, como uma brincadeira de Carnaval, como é visível no vídeo abaixo, pelos sorrisos e/ou desinteresse dos que compareceram.

Agência Espacial Nacional avança nos Açores ainda este mês – Açoriano Oriental – 1 de Março de 2019
Continue a ler “Brincadeiras de Carnaval”
Spaceport - keeping people safe

Spaceports – os inegáveis riscos

Perante a negação descarada dos riscos adjacentes ao lançamento de veículos espaciais quer por Gui Menezes, Secretário Regional dos Foguetões, quer por Luís Santos na sua actual posição de missionário para o Espaço, torna-se particularmente pertinente e oportuno o anúncio da UK Space Agency de adjudicar a 3 empresas o aprofundamento do plano de negócios e de operação comercial de um spaceport. É que é com esse anúncio que se divulga o relatório realizado pela Health and Safety Laboratory a pedido da UK Space Agency com o sugestivo título Spaceports – keeping people safe.

Continue a ler “Spaceports – os inegáveis riscos”